Visita Encydia-Wikilingue.com

Bomba centrífuga

bomba centrífuga - Wikilingue - Encydia

Corte esquemático de uma bomba centrífuga. 1a carcasa , 1b corpo de bomba, 2 rodete, 3 tampa de impulsão, 4 fechamento do eixo, 5 suporte de buchas, 6 eixo.
Partes de uma bomba Centrífuga.
Bomba centrífuga Warman em uma planta de processado de carvão.
Nomograma característico de uma bomba centrífuga.

Uma bomba centrífuga é um tipo de bomba hidráulica que transforma a energia mecânica de um impulsor rotatório chamado rodete em energia cinética e potencial requeridas. O fluído entra pelo centro do rodete, que dispõe de uns álabes para conduzir o fluído, e por efeito da força centrífuga é impulsionado para o exterior, onde é recolhido pela carcasa ou corpo da bomba, que pelo contorno sua forma o conduz para as tubuladuras de saída ou para o seguinte rodete (seguinte etapa).

Ainda que a força centrífuga produzida depende tanto da velocidade na periferia do impulsor como da densidade do líquido, a energia que se aplica por unidade de massa do líquido é independente da densidade do líquido. Por tanto, em uma bomba dada que funcione a certa velocidade e que maneje um volume definido de líquido, a energia que se aplica e transfere ao líquido, (em pascales , Pa, metros de coluna de água m.c.a. ou ou pé-lb/lb de líquido) é a mesma para qualquer líquido sem que importe sua densidade. Tradicionalmente a pressão proporcionada pela bomba em metros de coluna de água ou pé-lb/lb expressa-se em metros ou em pés e por isso que se denomina genericamente como "altura", e ainda mais, porque as primeiras bombas se dedicavam a subir água dos poços desde uma verdadeira profundidade (ou altura).

As bombas centrífugas têm um uso muito estendido na indústria já que são adequadas quase para qualquer uso. As mais comuns são as que estão construídas baixo normativa DIN 24255 (em formas e hidráulica) com um único rodete, que abarcam capacidades até os 500 m³/h e alturas manométricas até os 100 metros com motores eléctricos de velocidade padrão. Estas bombas costumam-se montar horizontais, mas também podem estar verticais e para atingir maiores alturas se fabricam dispondo vários rodetes sucessivos em um mesmo corpo de bomba. Desta forma acumulam-se as pressões parciais que oferecem a cada um deles. Neste caso fala-se de bomba multifásica ou multietapa, podendo-se conseguir deste modo alturas da ordem dos 1200 metros para sistemas de alimentação de calderas.

Constituem não menos de 80% da produção mundial de bombas, porque é a mais adequada para mover mais quantidade de líquido que a bomba de deslocação positivo.

Não há válvulas nas bombas de tipo centrífugo; o fluxo é uniforme e livre de impulsos de baixa frequência.

Os impulsores convencionais de bombas centrífugas limitam-se a velocidades na ordem de 60 m/s (200 pé/s).

Veja-se também

Enlaces externos

Obtido de http://ks312095.kimsufi.com../../../../articles/a/r/t/Artes_Visuais_Cl%C3%A1sicas_b9bf.html"