Visita Encydia-Wikilingue.com

Broca

broca - Wikilingue - Encydia

Para outros usos deste termo, veja-se Broca (desambiguación).
Broca de 8 mm.

A broca, também denominada estopim dependendo de seu tamanho, é uma peça metálica de corte utilizada mediante uma ferramenta mecânica telefonema perfuro, berbiquí ou outra máquina afín, que haciéndo girar a broca é normalmente empregada para criar orifícios ou buracos em diversos materiais. A grande diversidade de brocas, como a grande quantidade de indústrias que empregam este tipo de peças, faz que existam brocas específicas para usos específicos.

Conteúdo

Tipos de broca

Brocas helicoidais.

As brocas têm diferente geometria dependendo da finalidade com que tenham sido fabricadas. Desenhadas especificamente para tirar material e formar, pelo geral, um orifício ou uma cavidade cilíndrica, a intenção em seu desenho inclui a velocidade com que o material tem de ser removido e a dureza do material e demais qualidades características do mesmo tem ser modificado.

Entre os tipos de brocas existem os seguintes, e entre estes, seu infinidad de variações:

Brocas de centrar.
Broca de excavación.

Elementos que caracterizam a uma broca

Entre algumas das partes e generalidades comuns à maioria das brocas estão:

  1. Longitude total da broca. Existem brocas de longitude regular ou comunmente conhecidas como longitude Jobber, brocas extracortas, longas e súper-longas. A Marca Guhring oferece 3 séries de brocas extralargas em zanco recto e 2 séries de brocas extralargas em zanco cônico.
  2. Longitude de corte. É a profundidade máxima que se pode perfurar com uma broca e vem definida pela longitude da parte helicoidal.
  3. Diâmetro de corte, que é o diâmetro do orifício obtido com a broca. Existem diâmetros padrão e também se podem fabricar brocas com diâmetros especiais.
  4. Diâmetro e forma do cabo. O cabo pode ser cilíndrico da mesma medida do diâmetro de corte da broca,ou pode ser cônico em uma relacion aproximada de 1:19, chamada Cone Morse, em menos aplicacion mas existentes, encontramos os zancos cilindricos reduzidos, que são de menor diâmetro que a broca.
  5. Ângulo de corte. O ângulo de corte normal em uma broca é o de 118°. Também se pode utilizar o de 135°, quiçá menos conhecido mas, discutiblemente, mais eficiente ao empregar um ângulo obtuso mais amplo para o corte dos materiais.
  6. Número de lábios ou flautas. A quantidade mais comum de lábios (também chamados flautas) é duas e depois quatro, ainda que há brocas de três flautas ou brocas de uma (sozinha e direita), por exemplo no caso do perfurado de escopeta.
  7. . Conicidad do diâmetro: Para reduzir o atrito dentro do buraco realizado, a hélice tem uma pequena conicidad desde a ponta até o cabo. O grau de conicidad representa-se normalmente pela redução do diâmetro com respecto da longitude da hélice; aproximadamente, 0,04-0,1 mm. Utiliza-se um valor alto para brocas de alta eficiência, o que permite o perfurado de buracos próximos.
  1. Profundidade dos lábios. Também importante pois afecta a fortaleza da broca.
  2. Ângulo da hélice. É variável de umas brocas a outras dependendo do material que se trate de perfurar. Tem como objectivo facilitar a evacuação da viruta.
  3. Material constitutivo da broca. Existem cinco tipos básicos de materiais:
    1. Aço ao carbono, para perfurar materiais muito macios (madeira, plástico, etc.)
    2. Aço rápido HSS, para perfurar aços de pouca dureza.
    3. Aço ao cobalto M35 com 5% de cobalto e M42 com 8% de cobalto.
    4. Aço pulverizado PM HSS-E, para perfurar aços de alta aleacion, aços bonificados e de endurecimento.
    5. Metal duro (Widia), para perfurar fundições e aços em trabalhos de grande rendimento. E a combinacion de pontas soldadas de Carburo de Tungsteno em corpos de HSS.
  4. Acabamento da broca. Dependendo do material e uso especifico da broca, pode-se-lhe aplicar uma capa de recubrimiento que pode ser de óxido negro, de titanio ou de níquel, cobrindo total ou parcialmente a broca, desde o ponto de corte.

Tabela de conversão de tamanhos de brocas

700px

Afiado de brocas

O fio da broca se desgasta com o uso e há que o afiar para recuperar a capacidade de corte da broca.

Existem máquinas afiladoras, utilizadas na indústria da usinagem. Também é possível afiar brocas a mão mediante pequenas amoladoras, com muelas de grão fino. O afiado manual requer umas habilidades especiais por parte dos funcionários a fim de conseguir o ângulo de corte adequado.

Controle de viruta e lubrificação do corte

O controle da viruta e a lubrificação e referigeração do fio da broca são dois factores importantes no perfurado. A geração de formas e tamanhos na viruta adequados, e também seu evacuaciaón, é fundamental para realizar correctamente qualquer operação de perfurado, especialmente quando as condições de corte são muito elevadas e se utilizam brocas de metal duro.

As máquinas e ferramentas de perfurado modernas permitem uma grande eficácia neste sentido ao aplicar o fluído de corte internamente através de buracos para o refrigerante da própria ferramenta.

A formação da viruta está determinada pelo material da peça, a geometria da ferramenta, a velocidade de corte,o avanço e o fluído de corte que se utilize.

Fundamentos tecnológicos do perfurado

No perfurado há quatro parámetros chave:

  1. Velocidade de corte ~(V_c). Define-se como a velocidade linear na periferia da broca. Sua eleição vem determinada pelo material da broca, o tipo de material a perfurar e as características da máquina. Uma alta velocidade de corte permite realizar a usinagem em menos tempo mas acelera o desgaste da broca.
  2. Velocidade de rotação ~(N) da broca, normalmente expressada em revoluções por minuto. Calcula-se a partir da velocidade de corte e do diâmetro da broca.
  3. Avanço ~(F), definido como a velocidade de penetración da broca no material. Pode-se expressar de duas maneiras: bem como milímetros de penetración por revolução da broca, ou bem como milímetros de penetración por minuto de trabalho
  4. Tempo de perfurado ~(T). É o tempo que demora a broca em perfurar um buraco, incluindo a longitude de aproximação inicial da broca.

Estes quatro parámetros estão relacionados pelas fórmulas seguintes:

V_c\ \mathrm{(m/minuto)}\ =\ \frac{N\ \mathrm{(rpm)}\ \times\ 3,14\ \times\ \mathrm{Di\acute ametro\ (mm)}}{1000}
F\ \mathrm{(mm/minuto)}\ =\ N\ \mathrm{(rpm)}\ \times F\ \mathrm{(mm/revoluci\acute on)}
T\ \mathrm{(minutos)}\ =\ \frac{\mathrm{Longitud\ de\ acercamiento\ (mm) + Longitud\ a\ taladrar\ (mm)}}{F\ \mathrm{(mm/minuto)}}

Geralmente, a velocidade de corte óptima da cada broca e o avanço de perfurado vêm indicados no catálogo do fabricante ou, em seu defeito, nos prontuarios técnicos de usinagem.

Emprego de brocas na indústria, arte e ciências

Um perfuro eléctrico portátil (marca Bosch) pode-se empregar efectivamente com brocas.


Brocas no comércio

Para projectos pequenos e individuais, as brocas de algum tamanho chegam-se a encontrar no mercado em forma individual, empacotadas em pares ou em maiores números. Também se oferecem em jogos de diferentes tamanhos e quantidades. No comércio, são fabricadas e oferecidas à venda por uma variedade de marcas registadas. Muitas tlapalerías surten brocas comuns de tamanhos populares. Para projectos maiores ou especializados, podem-se conseguir através de revendedores e por catálogos.

Fontes

Veja-se também

Enlaces externos

Obtido de http://ks312095.kimsufi.com../../../../articles/a/t/e/Ate%C3%ADsmo.html"