Visita Encydia-Wikilingue.com

Célula procariota

célula procariota - Wikilingue - Encydia

Erro ao criar miniatura:
Estrutura celular de uma bactéria, típica célula procariota.

Chama-se procarionte (do grego πρό, pró = dantes de e κάρυον, karion = núcleo) às células sem núcleo celular diferenciado, isto é, cujo DNA se encontra disperso no citoplasma.

As células que sim têm um núcleo, isto é com o DNA encerrado depois de uma coberta membranosa se chamam eucariotas e constituem as formas de vida mais conhecidas e complexas, as que formam o império ou domínio Eukarya.

Quase sem excepção os organismos baseados em células procariotas são unicelulares, formados por uma sozinha célula. Ademais, o termo procariota faz referência aos organismos do império Prokaryota, cujo conceito coincide com o reino Monera das classificações de Copeland ou Whittaker que, ainda que obsoletas, são ainda muito populares.

Conteúdo

Diversidade bioquímica e metabólica

O metabolismo dos procariotas é enormemente variado, a diferença dos eucariotas, e muitos resistem condições ambientais surpreendentes pelo extremas em parámetros como a temperatura ou a acidez.

Quando se considera a diversidade dos metabolismos, se observa que em toda sua extensão é própria dos procariontes, e que a diversidade metabólica dos eucariontes é só um subconjunto da anterior. Se em eucariontes encontramos diferenças metabólicas importantes, como a que distingue aos fotoautótrofos dos heterótrofos, ou a que há entre anaerobios e aerobios, é somente porque portam diferentes orgánulos de origem endosimbiótico, como plastos, mitocondrias ou hidrogenosomas, procedentes de diferentes procariontes.

Evolução

Não está aceite que as células procariotas do domínio Archaea fossem as primeiras células vivas, ainda que se conhecem fósseis de faz 3.500 milhões de anos. Após seu aparecimento, têm sofrido uma grande diversificación. Seu metabolismo é o mais divergente, e causa que algumas procariotas sejam muito diferentes a outras.

Acha-se que todos os organismos que existem actualmente derivam de uma forma unicelular procariótica (LUCA). Ao longo de um lento processo evolutivo, faz uns 1.500 milhões de anos, as procariotas derivaram em células mais complexas, as eucariotas, provavelmente pela combinação em uma sozinha célula de duas ou mais procarióticas.

Nutrición

A nutrición pode ser autótrofa (quimiosíntesis ou fotosíntesis) ou heterótrofa (saprofita, parásita ou simbiótica). Quanto ao metabolismo os organismos podem ser: anaerobios estritos ou facultativos, ou aerobio.

Os organismos capazes de levar a cabo este processo denominam-se fotótrofos e se ademais são capazes de fixar o CO2 atmosférico (o que ocorre quase sempre) se chamam autótrofos. Salvo em algumas bactérias, no processo de fotosíntesis produzem-se libertação de oxigénio molecular (proveniente de moléculas de água) para a atmosfera (fotosíntesis oxigénica).

É amplamente admitido que o conteúdo actual de oxigénio na atmosfera se gerou a partir do aparecimento e actividade de ditos organismos fotosintéticos. Isto tem permitido o aparecimento evolutiva e o desenvolvimento de organismos aerobios capazes de manter uma alta taxa metabólica (o metabolismo aerobio é muito eficaz desde o ponto de vista energético).

A outra modalidade de fotosíntesis, a fotosíntesis anoxigénica, na qual não se liberta oxigénio, é levada a cabo por um número reduzido de bactérias, como as bactérias púrpuras do azufre e as bactérias verdes do azufre; estas bactérias usam como donador de hidrógenos o H2S, com o que libertam azufre.

Reprodução

Tipos segundo seu morfología

De esquerda a direita: Cocos, espirilos e bacilos.

Classificação

Veja-se também

Obtido de http://ks312095.kimsufi.com../../../../articles/c/ou/m/Comunicações_de_Andorra_46cf.html"