Visita Encydia-Wikilingue.com

Ciclo biogeoquímico

ciclo biogeoquímico - Wikilingue - Encydia

Denomina-se ciclo biogeoquímico ao movimento de quantidades em massa de carbono, nitrógeno, oxigénio, hidrógeno, calcio, sodio, sulfuro, fósforo e outros elementos entre os seres vivos e o ambiente (atmosfera e sistemas acuáticos) mediante uma série de processos de produção e descomposição. Na biosfera a matéria não é ilimitada de maneira que sua reciclaje é um ponto finque na manutenção da vida na Terra; de outro modo, os nutrientes esgotar-se-iam e a vida desapareceria.

Ciclos bioquímicos

Um elemento químico ou molécula necessário para a vida de um organismo, chama-se nutriente ou nutrimento. Os organismos vivos precisam de 30 a 40 elementos químicos, onde o número e tipos destes elementos varia na cada espécie. Os elementos requeridos pelos organismos em grandes quantidades denominam-se:

  1. Macronutrientes: carbono, oxigénio, hidrógeno, nitrógeno, fósforo, azufre, calcio, magnésio e potasio. Estes elementos e seus compostos constituem o 97% da massa do corpo humano, e mais de 95% da massa de todos os organismos.
  2. Micronutrientes. São os 30 ou mais elementos requeridos em quantidades pequenas (até traças): ferro, cobre, zinco, cloro, yodo

A maior parte das substâncias químicas da terra não estão em formas úteis para os organismos. Mas, os elementos e seus compostos necessários como nutrientes, são reciclados continuamente em formas complexas através das partes vivas e não vivas da biosfera, e convertidas em formas úteis por uma combinação de processos biológicos, geológicos e químicos.

O ciclo dos nutrientes desde o biotopo (na atmosfera, a hidrosfera e a corteza da terra) até a biota, e vice-versa, tem lugar nos ciclos biogeoquímicos (de bio : vida, geo: na terra), ciclos, activados directa ou indirectamente pela energia solar, incluem os do carbono, oxigénio, nitrógeno, fósforo, azufre e da água (hidrológico). Assim, uma substância química pode ser parte de um organismo em um momento e parte do ambiente do organismo em outro momento. Por exemplo, uma molécula de água ingressada a um vegetal, pode ser a mesma que passou pelo organismo de um dinossauro faz milhões de anos.

Graças aos ciclos biogeoquímicos, os elementos encontram-se disponíveis para ser usados uma e outra vez por outros organismos; sem estes ciclos os seres vivos extinguir-se-iam por isto são muito importantes.

O termo ciclo biogeoquímico deriva-se do movimento cíclico dos elementos que formam os organismos biológicos (bio) e o ambiente geológico (geo) e intervêm em uma mudança química.

Há dois tipos de ciclos biogeoquímicos, que estão interconectados:

Veja-se também

Obtido de http://ks312095.kimsufi.com../../../../articles/a/r/t/Encydia-Wikilingue%7EArt%C3%ADculos_solicitados_2358.html"