Visita Encydia-Wikilingue.com

Homoplasia

homoplasia - Wikilingue - Encydia

A homoplasia é a mudança evolutivo paralelo que faz que dois organismos apresentem um mesmo carácter adquirido independentemente. Baixo este termo reúnem-se os conceitos de paralelismo e de convergência. O adjectivo que deriva de homoplasia é homoplástico, ainda que é frequente a forma homoplásico.

Conteúdo

Origem do termo

O termo "homoplasia" foi acuñado por Ray Lankester. Lankester acuñó o termo "homogenia" que, referido exclusivamente ao vínculo genealógico, tratava de substituir ao conceito de homología, demasiado carregado, em sua opinião, de tintes "platónicos". O termo "homogenia" opunha-se, assim, ao de "homoplasia" ou convergência evolutiva (Schmitt 2006).

Definição

Para que possa se falar de homoplasia a equivalencia deve afectar a estruturas homólogas, ou que podem se considerar homólogas até que se demonstra a homoplasia e se comprova que não o são realmente.

Na análise filogenético (o conjunto de métodos e técnicas aplicados a averiguar o parentesco entre as espécies) a homoplasia conduz a interpretações erróneas, fazendo aos organimos homoplásticos parecer mais próximos evolutivamente do que realmente são.

Homoplasia molecular

Em biologia molecular, o termo homoplasia utiliza-se para falar sobre marcadores moleculares. Uma grande quantidade de marcadores moleculares baseia-se na Reacção em Corrente da Polimerasa ou PCR (por suas siglas em inglês), a qual amplifica (cria numerosas cópias) de fragmentos de DNA de longitudes curtas. Alguns exemplos de marcadores moleculares baseados em PCR são: RAPD, AFLP, SSR, SNP, entre outros. Os marcadores moleculares baseados em PCR utilizam também a Electroforésis em Gel de PoliAcrilamida ou PAGE (por suas siglas em inglês) para separar os fragmentos produzidos durante a PCR de acordo a sua longitude em pares de bases. Baixo estas condições chama-se alelos homoplásicos ou homoplásticos a fragmentos que têm o mesmo tamanho mas não a mesma sequência de bases. Os marcadores moleculares que utilizam a PAGE baixo condidiones denaturantes (isto é que não permitem a formação de uma estrutura secundária nos framgentos de DNA, ou o que é o mesmo, os fragmentos se acham em uma configuração linear) partem da hipótese de que fragmentos de igual tamanho têm a mesma sequência. É por isto que os alelos homoplásicos levam a erro no sentido que podem fazer pensar que dois fragmentos são iguais quando em realidade só têm em comum a longitude em pares de bases. Os marcadores moleculares constituem a ferramenta filogenética mais recentemente desenvolvida.

Referências

Obtido de http://ks312095.kimsufi.com../../../../articles/a/t/e/Ate%C3%ADsmo.html"