Visita Encydia-Wikilingue.com

Mar

mar - Wikilingue - Encydia

Ondas na costa do mar Mediterráneo.
Para outros usos deste termo, veja-se Mar (desambiguación).

Um mar é uma massa de água salgada de tamanho inferior ao oceano, bem como também o conjunto da massa de água salgada que cobre a maior parte da superfície do planeta Terra, incluindo oceanos e mares menores.

O termo de mar também se utiliza para designar alguns grandes lagos, como o mar Caspio, mar Negro, mar Morto ou o mar de Aral. Fala-se então de mar fechado ou interior.

Atendo ao uso que dela se faz, cabe observar que a gente de mar e os poetas tendem a lhe atribuir o género feminino. Fora desses dois âmbitos, generalizou-se o uso masculino da palavra ("o mar"). No Dia marítimo mundial é o 26 de agosto.[1]

Conteúdo

Definição de mar

A definição comparativa de mar como «extensão de água salgada menor que o oceano» estabelece uma classificação das extensões de água salgada em que os oceanos seriam as maiores extensões e viriam depois, de diferentes tamanhos, os mares. Os mares diferenciam-se principalmente pelo contacto com o oceano, podendo ser abertos ou fechados: se está rodeado quase totalmente por terra, como o mar Negro, se fala de mar continental, enquanto se está muito aberto, como o mar da China, se fala de mar litoral.

A distinção entre mar e oceano obedece a diversas causas, sobretudo quando se fala de mares abertos em que costuma se distinguir atendendo à situação geográfica, geralmente enclavada entre duas massas terrestres ou, às vezes, as menos, à posição da plataforma continental. Alguns exemplos disto são os seguintes: o mar do canal da Mancha comunica com o oceano Atlántico pelo mar Céltico, mas distingue-se por sua posição entre a costa sul da Inglaterra e a costa norte da França. Outro caso muito claro é o mar Mediterráneo, que comunica com o oceano Atlántico pelo estreito de Gibraltar e se distingue claramente por estar enclavado entre Europa, Ásia e África, no ponto de que tem umas condições marítimas muito diferentes (diferentes temperaturas, diferente fauna e flora, e marés de diferente amplitude). Outro mar aberto, neste caso o dos Sargazos, com seu agregado de algas ao longo da Flórida, distingue-se do oceano Atlántico de forma totalmente arbitrária.

A máxima autoridade internacional em matéria de delimitação de mares é o «International Hydrographic Organization» (IHO), sendo a referência mundial sua publicação «Limits of oceans and sejas» (Limites de oceanos e mares) (3ª edição de 1953).[2]

Dita publicação não estabelece diferenças entre oceanos e mares, se não que se limita a listar todos os oceanos e mares do mundo, lhes atribuindo um número, chegando até o 66, ainda que como utiliza às vezes números com letra, em realidade são 73. São um total de 6 oceanos (o Atlántico e o Pacifico estão divididos a cada um em dois, Norte e Sur) e 67 mares, deles dois divididos em dois cuencas, o mar Mediterráneo e o mar da China.

Alguns mares têm mares interiores (que se numeran com uma letra minúscula) como o Báltico (3), o Mediterráneo (8) e o Archipiélago da Índia Oriental (13). A publicação considera além de oceanos e mares, golfos, baías, canais e estreitos, e muitas vezes, não resulta muito claro qual é o critério utilizado, já que às vezes é o simples uso desde tempos passados.

Pode consultar-se a situação de todos os mares da «Limits of oceans and sejas» (Limites de oceanos e mares) (3ª edição de 1953), no seguinte artigo: Anexo:Lista dos mares do mundo (situação).

Classes de mares

Existem três categorias de mares: mares litorais (ou costeros), mares continentais e os mares interiores (ou fechados).

Mares litorais

Os mares litorais ou costeros podem ser considerados como golfos, muito grandes e amplamente abertos, dos oceanos. Não estão separados destes por nenhuma ombreira submarino; não obstante distinguem-se deles por ser, em média, menos profundos, pela maior amplitude das marés e a temperatura mais elevada de suas águas. São mares litorais o mar de Beaufort no oceano Ártico, o mar da Noruega no Atlántico ou o mar de Omán no Índico, entre outros.

Mares continentais

Os mares continentais, entre os quais destaca o mar Mediterráneo, devem seu nome ao facto de se achar inteiramente situados dentro dos continentes, ainda que comunicados com os oceanos por um estreito cuja escassa profundidade cria uma ombreira que dificulta os intercâmbios; estes se produzem, não obstante, em forma de correntes de compensação e de descarga. Entre os mares continentais e o oceano existem diferenças de temperaturas e de salinidad que chegam a ser consideráveis. Suas marés são de tão escassa amplitude que passam desapercibidas. Além do Mediterráneo, são mares continentais o mar Báltico, o mar Negro e o mar do Japão. Em algum caso fala-se de mar epicontinental quando está rodeado por uma plataforma continental, como o mar do Norte.

Mares interiores

Os mares interiores ou fechados costumam ocupar extensas depressões endorreicas. Correspondem a lagos muito grandes, de água mais ou menos salgada, entre os quais destacam o mar Morto, o mar Caspio e o mar de Aral.

Mares por continentes

Ainda que a mencionada publicação do IHO não considera os mares incluídos nos oceanos —se não como algo aparte de maneira que entre todos cobrem toda a superfície marinha— habitualmente sempre se consideraram assim, obedecendo a uma consideração de âmbito mais geográfico. Às vezes em alguns mares situados nas bordas entre dois oceanos, há discrepância entre atribuí-los a um ou outro, e depende da publicação consultada. Por isso parece mais oportuno os classificar de acordo ao continente ao que banham, com as mesmas salvedades quanto a situação de borda..

Litoral do mar Arábigo em Kerala , Índia.
Lista dos mares do mundo (por continente)
Mares da América Mares da Antártida Mares da Ásia Mares da Europa Mares da Oceania
Mar Argentino.

Mar de Beaufort.
Mar Caraíbas.
Mar Chileno.
Mar de Grau.
Mar da Gronelândia.
Mar do Labrador.
Mar dos Sargazos.
Mar de Cortês.
Golfo de México.

Mar de Amundsen.

Mar de Bellingshausen.
Mar de Weddell.
Mar de Ross.

Mar de Andamán

Mar Amarelo.
Mar Arábigo.
Mar de Aral.
Mar de Banda.
Mar de Bering.
Mar Caspio.
Mar de Célebes.
Mar da China.
Mar de Filipinas.
Mar do Japão.
Mar de Kara.
Mar de Láptev.
Mar Morrido.
Mar de Ojotsk.
Mar Interior de Seto.
Mar Vermelho.
Mar da Sibéria Oriental.
Mar de Sulu.

Mar Tirreno.

Mar de Liguria.
Mar Adriático.
Mar Jónico.
Mar Egeo.
Mar de Alborán.
Mar Báltico.
Mar do Norte.
Mar de Frisia.
Canal da Mancha.
Mar da Irlanda.
Mar Celta.
Mar Cantábrico.
Mar Mediterráneo.
Mar de Barents.
Mar Blanco.
Mar Negro.
Mar de Mármara.
Mar de Azov.

Mar de Arafura.

Mar de Tasmania.
Mar de Timor.

Mares extraterrestres

Imagem satelital do Mare Imbrium, na superfície lunar.

Os mares lunares são vastas planicies basálticas na Lua que foram chamadas mares porque os primeiros astrónomos pensavam que eram grandes massas de água, pelo que se referiram a elas como mares. distribuição dessas regiões líquidas será melhor compreendida após a chegada da sonda Cassini-Huygens( que já tem chegado por verdadeiro)

Veja-se também

Notas

  1. Dia Marítimo Mundial
  2. A 1ª edição é de 1928, a 2ª de 1937 e uma quarta edição em rascunho foi publicada in 1986, mas várias disputas sobre os nomes (como a relativa ao mar do Japão) têm impedido até hoje (outubro de 2007) sua ratificação.

Enlaces externos

  • Lugar da «The International Hydrographic Organization»: IHO.krc:Тенгиз
Obtido de http://ks312095.kimsufi.com../../../../articles/a/t/e/Ate%C3%ADsmo.html"